18 de Novembro de 2017
WMOF

Dublim, os escritos superam cotas mil

Iniciada a formação para alguns dos 1300 voluntários, e da Autrália chega a família Hyland

Em Dublim não para mais a máquina organizadora em vista do grande Encontro Mundial das Famílias.

As inscrições para o evento já chegaram a cota dos mil, 1046 para ser exato: destas, 606 provem da Irlanda e 440 do restante do mundo.
São cerca de 1300 os voluntários que já se colocaram a disposição o seu tempo para em agosto acolher e ajudar os participantes para o próximo Encontro, e 126 deles participaram da primeira sessão de preparação específica.

Neste tempo, a família Hyland – Shane e Leanne, mais de três filhos de 5, 8 e 14 anos (Na foto acima) – originária da diocese de Broken Bay (Sydney, Austrália) foi escolhida pela conferência dos bispos católicos australianos (ACBC) como delegada ao Encontro de Dublim.

“Um belo mundo para que as famílias australianas possam compartilhar a sua fé e confrontar-se com as famílias católicas do mundo” comentou o bispo Michel Kennedy da ACBC.

fam Hyland