17 de Maio de 2018
Igrejas locais

Celam: nasce a Rede panamericana para o direito a vida

Uma rede panamericana pelo direito à vida. Isto foi anunciado pelo Conselho Episcopal da América Latina (Celam), através do Departamento Vida, Família e Juventude, com uma Declaração que você pode ler na íntegra no anexo.

O breve documento parte da recente Carta da Congregação para a Doutrina da Fé “Placuit Deo”, que denuncia uma cultura contemporânea baseada no individualismo neo-pelagiano e um neo-gnosticismo que despreza o corpo, a natureza e a história.

“Notamos com crescente preocupação em nosso continente a afirmação de uma agenda de minorias ideológicas, com o apoio de centros de poder econômico e político, cujo todo rompe a globalidade do ser humano”. Há “mudanças frequentes no estado de direito, políticas públicas, proteções legais, que normalizam comportamentos e leis contrárias à vida, a família à liberdade e nenhum respeito se do direito à objeção de consciência”. Portanto, “reconhecendo que somos testemunhas deste momento histórico, a Igreja latino-americana e caribenha, em sua responsabilidade pastoral pelo bem fundamental da vida, não pode permanecer desapegada diante dessa dura realidade”, recordou o Papa Francisco na homilia realizada em Bogotá no último dia 8 de setembro.