10 de Janeiro de 2018
Academia para a vida

Cuidados paliativos, entre perspectivas espirituais e implicações práticas.

De 28 de fevereiro a 1° de março em Roma, um Congresso Internacional para promover o diálogo e a cooperação na proteção ao moribundo

A contribuição dos cuidados paliativos para a medicina, a saúde e a sociedade, a disseminação dos cuidados paliativos, o impacto de diferentes crenças religiosas e perspectivas espirituais sobre o cuidado ao moribundo, as implicações políticas e econômicas dos cuidados paliativos.

Estas são algumas das questões que serão tratadas de 28 de fevereiro a 1 de março em Roma, no Congresso Internacional intitulado “Cuidados paliativos: em todos os lugares e por todos” organizado pela Pontifícia Academia para a Vida.

O objetivo, explicam os promotores, é “promover o diálogo e a cooperação entre os diferentes atores envolvidos no exercício e difusão dos cuidados paliativos e, por meio disso, proteger a dignidade do moribundo, se encarregando de sua vulnerabilidade”.

Nesta ocasião, o Projeto PAL-Life será oficialmente apresentado, projetado e implementado pela Academia para promover a difusão global de cuidados paliativos.