Encontros Mundiais das Famílias

O ano de 1994 foi declarado pelas Nações Unidas o “Ano Internacional da Família”. Também na Igreja o Papa João Paulo II quis que se celebrasse simultaneamente um Ano da Família. Assim  ocorreu o primeiro Encontro Mundial das Famílias, realizado em Roma, nos dias  8 e 9 de outubro de 1994, promovido, como todos os sucessivos, pelo Pontifício Conselho para a Família.

Desde então, a cada três anos, em diferentes lugares do mundo, houve um Encontro Mundial das Famílias introduzido por um Congresso Teológico Pastoral Internacional. A conclusão normalmente conta com a presença do Papa, com uma vigília/festa das famílias e uma grande celebração eucarística final.

1.       S. João Paulo II – I Encontro Mundial: 1994 (8-9 outubro) Roma (Itália). No contexto do Ano da Família “Família: coração da civilização do amor”

2.       S. João Paulo II – II Encontro Mundial: 1997 (4-5 outubro) Rio de Janeiro (Brasil). “A família: dom e compromisso, esperança da humanidade”

3.       S. João Paulo II – III Encontro Mundial: 2000 (14-15 outubro) Roma (Itália). No contexto do Grande Jubileu de 2000 “Os filhos, primavera da família e da sociedade”

4.       S. João Paulo II – IV Encontro Mundial: 2003 (25-26 janeiro) Manila (Filipinas). “A Família cristã: uma boa nova para o terceiro milênio” *** S. João Paulo II (ao vivo pela TV)

5.       Bento XVI – V Encontro Mundial: 2006 (8-9 julho) Valença (Espanha). “Transmissão da fé na família

6.       Bento XVI – VI Encontro Mundial: 2009 (17-18 janeiro) Cidade do México (México). “A família, formadora dos valores humanos e cristãos” *** Bento XVI (ao vivo pela TV)

7.       Bento XVI – VII Encontro Mundial: 2012 (2-3 junho) Milão (Itália) “A família – Trabalho e Festa”

8.       Papa Francisco – VIII Encontro Mundial: 2015 (26-27 setembro) Filadélfia (USA) “O amor é a nossa missão, a família plenamente viva”

9.       O IX Encontro Mundial está em programa para Dublin (Irlanda) de 22 a 26 de agosto de 2018 com o tema escolhido pelo Papa, “O Evangelho da Família: alegria para o mundo”, com base na Exortação Apostólica pós-sinodal “Amoris Laetitia” e coordenado pelo novo Dicastério pera os Leigos, a Família e a Vida, presidido pelo Cardeal K. Farrell.