15 de Março de 2017
AIC

Um serviço sempre fecundo

Há 400 anos da fundação, a Associação Internacional de Caridades celebrará durante todo 2017, para comemorar um aniversário importante, um tempo para dar graças a Deus pelos frutos abundantes que o carisma de São Vicente de Paulo produzidos ao longo a Igreja.

O Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé publicou hoje a mensagem que o Santo Padre Francisco escreveu no dia 22 de fevereiro aos membros da Associação por ocasião, um texto no qual ele destaca o cuidado dos pobres que o coração terno e cheio de compaixão de Vicente de Paulo confiou aos leigos, e especialmente as mulheres.

A origem da AIC remonta a 1617, quando S. Vicente reuniu em Châtillon les Dombes, na França, um grupo de senhoras, de modo a estruturar as primeiras iniciativas de assistência às famílias carentes da paróquia. A partir destas experiências diferentes grupos foram formados que se espalharam rapidamente na Europa e para além das suas fronteiras.

Em sua mensagem, o Papa recordou em particular a figura de Santa Luísa de Marillac a que S. Vicente tinha confiado a animação e coordenação dos vários grupos de caridade nascidos na época. Nela, toda a AIC pode encontrar “a sutileza e a delicadeza da misericórdia que nunca fere, e não humilha ninguém, mas que acalma e restaura a coragem e a esperança”.