19 de Dezembro de 2017
JMJ

Rumo ao Panamá com a alegria dos sinais

No Dicasterio, o encontro com o comitê organizador. Arcebispo Ulloa aos jovens: "Participem na preparação da jornada"

"Será uma Jornada Mundial da Juventude muito mariana e muito centro-americana": esta é a antecipação do secretário, Pe. Alexandre Awi Mello, no final de uma reunião que aconteceu há alguns dias no nosso Dicastério com a Comissão do Panamá preparando a Jornada Mundial da Juventude.

Na presença de Monsenhor Mauricio Rueda, responsável pelas viagens do Santo Padre, do secretário do Dicasterio Pe. Alexandre Awi Mello e o arcebispo de Panamá, José Domingo Ulloa Mendieta, discutiram o planejamento dos principais eventos da Jornada: na agenda também o fundo de solidariedade, o alojamento dos participantes, a catequese preparatória, a composição da "Sacola do peregrino" e comunicação.

Monsenhor Ulloa contou da alegria que tantos irmãos e irmãs das periferias experimentaram, especialmente em acolher a Cruz em Cuba, em Santo Domingo, no Haiti, e que em breve chegará a América Central e Porto Rico".

Por parte do arcebispo, o convite para cada jovem a "tornar-se parte da preparação para a JMJ esperando que estes dois grandes sinais - a Cruz e o ícone de Nossa Senhora - nos permitam ter um encontro com Jesus pelas mãos de Maria, juntos ao sucessor de Pedro".

Os aspectos pastorais e logísticos estão sendo aperfeiçoados, em vista do II Encontro Internacional em preparação para a Jornada Mundial da Juventude, que se realizará de 7 a 9 de junho de 2018 no Panamá.