05 de Dezembro de 2018
Mauritius

Da Humanae Vitae a Amoris Laetitia: a evangelização do amor humano

Os temas emergiram do quarto congresso “Africa Family Life Federation”

A Humanae Vitae combina indissoluvelmente dois conceitos: o fortalecimento da comunhão conjugal e a constante abertura à vida. Amoris Laetitia desenvolve ainda mais esse vínculo, declinando-o nas fases da vida. Ambos os documentos sublinham como a família é fruto do amor humano e, nela, os filhos se tornam o sinal tangível da unidade dos cônjuges.

Estes são, em suma, os pontos que emergiram durante o quarto Congresso da "Africa Family Life Federation", recentemente promovido em Mauritius, sobre o tema “Da Humanae Vitae à Amoris Laetitia: a evangelização do amor humano”. No evento, o Pe. Patrick Dubois participou em nome do Dicastério, tornando-se porta-voz de uma mensagem enviada pelo prefeito Kevin Farrell.

A semana de mesas redondas e workshops – que contou com a participação de 19 bispos diocesanos do continente africano e 28 associações de fiéis africanos – teve como objetivo a reflexão sobre os temas da família, vida e juventude e, especificamente, sobre os desafios da Humanae Vitae no mundo de hoje, a beleza do amor humano e a magnificência da transmissão da vida, os problemas relacionados aos projetos de educação sexual integral promovidos pelas Nações Unidas, os fundamentos do planejamento familiar natural e como lidar com a questão. Ainda, no centro do debate estão os desafios da educação sexual e emocional na construção integral do ser humano hoje, a pesquisa científica em função do desenvolvimento do serviço à vida por uma cultura que seja promotora, as estratégias a serem implementadas para servir à vida, e sua especificidade dentro da pastoral da família, as bases biológicas da antropologia.