15 de Dezembro de 2018
Instituto JPII

Escritos sobre ética, família e vida

As palavras do cardeal Scola sobre o livro póstumo do cardeal Carlo Caffarra

O volume póstumo “Escritos sobre ética, família e vida” do Cardeal Carlo Caffarra foi apresentado há alguns dias no Pontifício Instituto Teológico “João Paulo II”. Apresentando o texto, o arcebispo emérito de Milão, cardeal Angelo Scola, destacou que para Caffarra era central “a indispensável natureza eclesial dos sete sacramentos como o grande meio de salvação para o qual os fiéis, em qualquer condição ou estado, são chamados à santidade. Não podemos considerar o matrimônio, a família e as feridas do matrimônio, dentro da perspectiva da família divina, independentemente da concepção sacramental”.

“Tradição, Escritura e Magistério”: estes, para o arcebispo emérito, os três pilares do ensinamento do cardeal falecido “animados pelo desejo de constante diálogo com a sociedade civil e autoridade estabelecida”.

Recordando sua “profunda amizade, duradoura de 35 anos, com Pe. Carlo”, Scola citou “a profunda e radical natureza de seu testemunho cristão, sua abertura ao diálogo com todos, sobretudo com os jovens confusos em sua jornada afetiva”. “Ele buscou a verdade sem meias medidas, sem timidez, sem falsa prudência ditada pela política, mesmo a eclesiástica”, concluiu.

No final do encontro, o Auditório foi dedicado ao falecido cardeal, iniciador e primeiro decano do Pontifício Instituto Teológico “João Paulo II”.