14 de Outubro de 2020
Esporte

Modelo de vida

O segundo webinário da série projetado para encorajar o reinício adequado do esporte na sociedade
Foto sport.jpg

“Dar o melhor: o esporte como modelo de vida”: o Documento preparado pelo Dicastério em 2018 foi o fil rouge do segundo dos quatro webinários sobre esporte propostos em colaboração com a Fundação João Paulo II para o Desporto.

O jesuíta Patrick Kelly, professor da University of Detroit Mercy, relatou a abordagem da teologia ao esporte, antes de mais nada desmontando o estereótipo narrativo de que os católicos tendem a associar o corpo humano ao pecado há muito tempo: desde o início da teologia católica, explicou, a pessoa foi exaltada como "uma unidade de corpo, alma e espírito". Em segundo lugar, já naquela época, continuou, “havia uma relação entre fé e cultura que tendia a aceitar costumes e tradições culturais não cristãs, como o esporte.São Paulo, o apóstolo dos gentios, desempenhou um papel importante neste sentido. Em suas cartas aos gregos, ele usou a imaginação atlética como uma coisa natural para descrever a vida cristã ”. Portanto, concluiu Pe. Kelly, “sendo a pessoa uma unidade de corpo, alma, mente e espírito, as atividades corporais como a brincadeira e o esporte têm impacto sobre nós e também afetam a nossa relação com o Espírito”.

O ex-tenista e jornalista esportivo Dyan Castillejo-Garcia chamou o esporte de "um dos melhores presentes que Deus nos deu, um que pode fortalecer a mente, o coração e o corpo. Através do esporte, Deus nos ensina que há esperança, que não devemos desistir ”.

Segundo Wolfang Baumann, membro do COI (Comitê Olímpico Internacional) e secretário-geral da TAFISA (Associação do Esporte Internacional para Todos), “o que precisamos agora é uma mudança de paradigma em termos de extensão de perspectiva. O esporte é uma peça fundamental do quebra-cabeça global. E, mais uma vez, pode ajudar a superar os desafios críticos que enfrentamos como empresa ”.

O próximo compromisso, como de costume, também disponível via streaming no canal do YouTube do Dicastério, é quinta-feira, 15 de outubro, com o tema “Esporte inclusivo: uma oportunidade para não perder”.

Para inscrição, clique aqui. Em anexo, o programa e os relatores.