30 de Novembro de 2021
Associações e Movimentos

Amor por Cristo e pela Igreja e um incansável empenho no anúncio do Evangelho

Palavras do Prefeito do Dicastério na apresentação da edição italiana do livro “Carmen Hernández. Notas biográficas”
carmen hernandez.JPG

 

No dia 29 de novembro, foi apresentado em Roma, na Basílica de São Paulo Extramuros, a edição italiana do livro sobre a cofundadora do Caminho Neocatecumenal, intitulado “Carmen Hernández. Notas biográficas”, de autoria do Professor Aquilino Cayuela.

O livro é extremamente significativo porque narra, passo a passo, os acontecimentos da vida de Carmen Hernández, e porque foi útil para a abertura da fase diocesana da causa de beatificação e canonização, iniciada em Madrid no mês de julho.

Carmen Hernández, nascida na Espanha em 1930, foi animada desde jovem pelo desejo de dedicar a sua vida à missão. Conheceu Kiko Argüello em 1964, enquanto trabalhava na assistência aos marginalizados nos barracos da periferia de Madrid. Em meio aos pobres, ambos descobriram a força do Mistério Pascal e da pregação do Kerigma (a Boa Nova de Cristo morto e ressuscitado), que deu origem a uma primeira comunidade cuja vida, fundamentada na Palavra de Deus, na comunhão fraterna e na liturgia, respondia plenamente aos elementos de renovação indicados nos documentos do Concílio Vaticano II.

Principalmente graças ao incentivo e ao apoio paterno de Mons. Casimiro Morcillo González, então arcebispo de Madrid, Carmen abandonou a sua intenção de fundar um instituto religioso e começou a colaborar em tempo integral com Kiko, levando às paróquias – inicialmente em Madrid, depois em Roma, e a partir daí em outras cidades e países – essa obra de renovação da Igreja, esse carisma definido pelo Papa Francisco como “um grande dom de Deus para o nosso tempo”.

Participou do evento uma delegação do Dicastério, com a presença da subsecretária Linda Ghisoni, e leu-se uma carta do Prefeito, o Cardeal Kevin Farrell, dirigida a Kiko Argüello, onde reitera a importância do livro para “promover um conhecimento mais profundo da vida de Carmen, do seu amor por Cristo e pela Igreja, e do seu incansável empenho no anúncio do Evangelho”.