Mulher

Mulher, propulsora da santidade na família

Palestra da Dra. Gabriella Gambino na jornada comemorativa do Dia Internacional da Mulher: "Mulheres na Igreja: criadoras de humanidade", na Pontifícia Universidade Urbaniana

 

“É precisamente dentro da relação conjugal que, na história recente da Igreja, algumas mulheres se têm distinguido, tornando-se propulsoras de uma contagiante santidade no seio do seu núcleo familiar”. Foram palavras da Dra. Gabriela Gambino, subsecretária do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, durante a sua palestra na Urbaniana, discorrendo sobre o tema “Santidade e família”. Na sua reflexão, quis dar um passo além do pensamento mais tradicional da santidade como vocação individual, falando da "santidade dos esposos e da mulher, em particular, na sua específica vocação conjugal e familiar, como esposa e mãe. Não sozinha, mas inserida na plenitude de uma complementaridade e de uma reciprocidade com o seu esposo, capaz de fazer ressaltar aos olhos da Igreja a força do sacramento do Matrimônio. Quem sabe quantas mulheres, apaixonadas e enamoradas pela sua vocação esponsal, pelo seu papel educativo e pela sua maternidade, percorrem um caminho quotidiano de santidade ao lado do seu marido, muitas vezes juntas, em reciprocidade, mas cada vez mais também sozinhas, em contextos sociais onde a paternidade costuma estar ausente". A Dra. Gambino também chamou a atenção para a santidade de muitas mães, que se manifesta no dia-a-dia dos nossos lares, "mesmo aqueles hoje despedaçados pela guerra. Casas destruídas, cujos escombros escondem mães corajosas, animadas por uma fé inabalável, se esforçam em proteger os pequeninos, os idosos e os doentes, e para reconstruir com solidariedade a esperança de um retorno à paz. Mulheres que, em meio a tanta devastação e morte, tais como faróis de luz na escuridão, entendem que, mesmo no desespero, devemos buscar aquilo que não morre”.

No seu discurso de abertura, o Reitor da Pontifícia Universidade Urbaniana, Pe. Leonardo Sileo, introduziu o tema da santidade feminina, recordando as palavras do Santo Padre sobre mente, coração e mãos: três inteligências e três linguagens que dão frutos quando vibram juntas.

María del Rosario Saéz Yuguero, reitora da Universidade Católica de Ávila, destacou a atualidade do exemplo das santas Doutoras da Igreja e Padroeiras da Europa, enquanto o pró-prefeito da Seção para as questões fundamentais da evangelização no mundo do Dicastério para a Evangelização, Mons. Rino Fisichella, abordou o tema “Santidade e o Jubileu de 2025”.

O tema "Santidade feminina na Igreja" foi abordado pelo Secretário do Dicastério para as Causas dos Santos, Mons. Fabio Fabene, ao passo que Antonella Sciarrone Alibrandi, Subsecretária do Dicastério para a Cultura e a Educação falou sobre a “Santidade feminina e educação”, recordando a figura de Armida Barelli.

Na conclusão do evento, a vice-reitora da Pontifícia Universidade da Santa Cruz, Cristina Reyes, apresentou a próxima Conferência Internacional: "Mulheres na Igreja: Criadoras de humanidade", que acontecerá nos dias 7 e 8 de março de 2024.

A jornada comemorativa foi organizada por várias Pontifícias Universidades e pela Universidade Católica de Ávila (UCAV), com o apoio dos Dicastérios para as Causas dos Santos, para a Cultura e a Educação, e para a Evangelização.

Confira o encontro inteiro.

 

10 de Março de 2023
Ler mais...
foto famiglia vita_cropped.jpg

O cuidado com a vida começa na família

  "A pastoral da vida é chamada a ...

 Ler tudo >
grafico_web.jpg

O Pacto Global para a Família, da Universidade para o mundo

  No dia 14 de novembro, ocorreu um encontro ...

 Ler tudo >
manimammabambino.jpg

No seu silêncio, Indi só pedia amor

  Em artigo publicado no Osservatore Romano, ...

 Ler tudo >