29 de Agosto de 2017
Jovens e voluntários

Um ano da vida para "ajudar, aprender, discernir"

giovani volontari salesiani.jpg

Eles oferecem um ano da própria vida desinteressadamente para ajudar os mais vulneráveis da sociedade. Esta é a experiência que grupos de jovens equatorianos realizam há anos com o Projeto de Voluntariado Missionário Juvenil da Família Salesiana em Cumbaya, no país latino-americano.

Desde 1972, foram mais de dois mil jovens que passaram por esta iniciativa de assistência social, que, após um curto período de formação, são enviados para várias casas e obras salesianas no Equador, mas também no Peru e no Paraguai.

Nos últimos dias, cinquenta e seis jovens participaram do encontro de formação em Cumbaya, durante a qual os três objetivos e o significado específico do voluntariado foram aprofundados: ajudar, aprender e discernir. Técnicas de integração e conhecimento a serem aprendidas e aplicadas nas comunidades.

Entre os objetivos educacionais e formativos da experiência, está também em levar os jovens a questionar o projeto da vida pessoal, para descobrir qual seja a vontade de Deus em suas vidas.

O trabalho de formação ao voluntariado e de ação prática em lugares de missão é realizado por salesianos também com os leigos adultos. Nos Estados Unidos, nos últimos dias, o mandato missionário foi dado a treze leigos que, após três semanas de formação, acompanhamento e retiro espiritual, foram enviados para Bolívia, Camboja, República Democrática do Congo, África do Sul, Vietnã , Zâmbia e os Estados Unidos.

 

Equador - Voluntários na história: ‘Mais de 2200 Jovens enviados a Casas e Obras salesianas’

Estados Unidos – Enviados missionários leigos salesianos a diversas partes do mundo