23 de Agosto de 2018
Encontro Mundial das Famílias

Cônjuges Baumann (Retrouvaille International), “o matrimônio é um processo constante de crescimento” no qual “envolver e trabalhar juntos”

“Retrouvaille” é um programa de redescoberta do matrimônio para casais em conflito ou em crise devido, por exemplo, à descoberta da infidelidade; ensina os casais a se comunicar em um nível emocional e reflete os valores cristãos de compromisso, amor, confiança e perdão no relacionamento conjugal. A ilustrar no Congresso Pastoral do Encontro Mundial das Famílias em andamento em Dublin, são hoje, Leigh e Steve Baumann, da Retrouvaille International (EUA e Canadá), que participam do painel dedicado ao amor na experiência cotidiana das famílias. “Retrouvaille – eles explicam – é um ministério completamente voluntário que oferece um programa matrimonial que ensina ferramentas práticas para ajudar os casais a melhorar a comunicação, construir um matrimônio mais forte e redescobrir o amor que eles tiveram um pelo outro”. Quatro, segundo os dois especialistas, as fases da vida conjugal: romantismo; desilusão “quando começamos a entender que o nosso cônjuge não é exatamente como nós”; sofrimento e “tempo de despertar ou redescoberta”. O que Retrouvaille oferece são ferramentas para permitir que os casais se movam continuamente através das fases do matrimônio “com a consciência de que o casamento é um processo constante de crescimento”. Ambos os cônjuges “devem decidir se comprometer” e “trabalhar juntos para melhorar o seu matrimônio”. “Nós podemos decidir – eles concluem – amar, comprometer-se, confiar e perdoar para criar uma atmosfera de amor em que nossos relacionamentos possam crescer e prosperar”.