11 de Outubro de 2018
Aborto

Papa Francisco: “Nunca desprezar a vida”

“Deus é ‘amante da vida’, então” devemos dizer aos homens e mulheres do mundo: não desprezem a vida!". Assim Papa Francisco ontem em audiência na catequese dedicada à Quinta Palavra: não matar. O Pontífice continuou: “Todo o mal feito no mundo está resumido nisto: desprezo pela vida”, tanto que “uma abordagem contraditória também permite a supressão da vida humana no útero, em nome da salvaguarda de outros direitos”. Mas como pode um ato que suprime a vida inocente e desamparada em seu desabrochar ser terapêutico, civil ou simplesmente humano? (…) Não é possível, não é certo tirar um ser humano, ainda que pequeno, para resolver um problema. É como alugar um assassino para resolver um problema".

Francisco então se perguntou de onde tudo isso vem: “A violência e a rejeição da vida nascem do medo. De fato, acolher o outro é um desafio ao individualismo. Pensamos, por exemplo, quando se descobre que uma vida nascente é portadora de deficiência, até mesmo séria. Os pais, nesses casos dramáticos, precisam de verdadeira proximidade, de solidariedade verdadeira, para enfrentar a realidade superando os medos compreensíveis”. “A única medida autêntica da vida – concluiu – é o amor, o amor com o qual Deus o ama”.