09 de Julho de 2018
Jovens

Um novo capítulo para o centro internacional "San Lorenzo" de Roma

A comunidade Emmanuel passa o bastão para a Comunidade Shalom que cuidará do centro a partir de agora

Há poucos dias, o Padre Alexandre Awi Mello, Secretário do nosso Dicastério, presidiu a missa de encerramento do ano lectivo no Centro Internacional da Juventude "San Lorenzo" de Roma.

A celebração foi uma ocasião de agradecimento pelos mais de trinta anos de serviço prestado pela Comunidade Emanuel ao Centro. Na homilia, referindo-se ao Evangelho do dia, o padre João Chagas, Do escritório da juventude do Dicastério lembrou que "uma árvore pode ser reconhecida pelos seus frutos". Ele também ressaltou que os inúmeros frutos e inspirações nascidos no Centro "San Lorenzo" ajudaram a descobrir a identidade e a missão da Comunidade Emanuel, juntamente com a importância deste lugar, inspirado pelo Papa João Paulo II em 1983. Ele lembrou entre outras coisas, as muitas horas de oração e adoração com os jovens, conversões e discernimento vocacional, encontros com bispos e cardeais da Cúria Romana, obras de caridade e evangelização nas praças de Roma.

O Centro Juvenil Internacional "San Lorenzo" foi inaugurado em 13 de março de 1983 na Via Pfeiffer 24, nas imediações da Piazza San Pietro. Inspirado pelo Papa João Paulo II, que o chamou de "um viveiro de formação de verdadeira juventude cristã", o Centro tornou-se um lar para muitos jovens vieram a Roma de diferentes países e continentes. Nascido no ano do Jubileu extraordinário da Redenção, tornou-se um símbolo da atenção do Santo Padre aos jovens e a custódia da Cruz do Jubileu oferecido pelo Papa aos jovens em 1984 e ainda é considerado o principal símbolo das Jornadas Mundiais da Juventude. Nos últimos trinta anos, a Comunidade Internacional Emmanuel serviu ao Centro, animando orações e promovendo atividades com jovens de diferentes países. Esta missão é confiada agora à comunidade Shalom, que começará seu serviço no outono.