18 de Maio de 2020
São João Paulo II

Um hino à vida

No centenário de seu nascimento, o subsecretário Gambino destaca a atualidade da mensagem do papa Wojtyla sobre família e vida
Gabriella .jpg

“O Magistério de São João Paulo II, com a carta às crianças, a carta às mulheres, suas inesquecíveis catequeses sobre o amor humano, o casamento, o papel insubstituível dos pais e das mães, era um hino à vida, à maternidade de cada mulher, à tarefa generativa das famílias e de toda pessoa humana que diz sim à sua vocação. E é a essa vocação que ainda precisamos apelar hoje para tornar nossos jovens, nossos filhos felizes”.

Assim que a subsecretária Gabriella Gambino se expressa em uma mensagem de vídeo distribuída pelo Vatican News por ocasião do centenário do nascimento de São João Paulo II, que ocorreu ontem e, ela sublinha, “se coloca em uma época muito especial do ano: alguns dias da jornada Internacional da Família celebrado pelas Nações Unidas e no mês dedicado a Maria, que na exortação 'Familiaris Consortio', São João Paulo II proclamou 'Mãe da Igreja doméstica'.

A subsecretária destaca a "intuição extraordinária" que levou o Papa Wojtyla a estabelecer os Encontros Mundiais para as Famílias e a atualidade da exortação "Familiaris Consortio" para sua mensagem "reiterada continuamente pelo Papa Francisco quando ele nos lembra que as famílias cristãs não são chamadas a propor um ideal abstrato e inatingível de si mesmas, mas a dar um testemunho simples e direto do Graça que atravessa nossas vidas cotidianas, com os esforços, as dores, as alegrias e as conquistas de todos os dias, das quais as alianças são um sinal e um símbolo".

Finalmente, o poder do sacramento: “A família cristã carrega em si o sinal de Deus.Este é um dos legados que São João Paulo II nos deixou. Temos o privilégio de poder recolher para restituir - disse João Paulo II - à família cristã de hoje, tentada pelo desespero e angustiada pelas dificuldades, razões de autoconfiança, na missão que Deus lhe confiou".