25 de Fevereiro de 2020
Igreja e Esporte

Um pacto educacional para o esporte

Foco em métodos para envolver pastores, religiosos e leigos na evangelização através do esporte
1.jpg

Há alguns dias foi realizado o Congresso anual do Escritório Nacional para a Pastoral do Lazer, Turismo e Esporte da Conferência Episcopal Italiana sobre Esporte, com a presença de Santiago Pérez de Camino qual responsável do escritório Igreja e Esporte do nosso Dicastério.

O encontro sobre o tema "Um pacto educacional para o esporte" quis sublinhar a importância de palestrantes, associações e voluntários na formação de novas gerações. Foi também um momento de reflexão e trabalho para todos os responsáveis pelas dioceses e associações esportivas católicas e uma oportunidade de destacar novos métodos de trabalho e, em particular, estratégias para envolver toda a Igreja - pastores, religiosos e leigos - na evangelização através do esporte.

Com uma saudação introdutória, Pérez de Camino incentivou todos os presentes a não terem medo das mudanças e dos novos desafios que podem surgir no trabalho conjunto. "Este pacto educacional pretende deixar de lado problemas e dificuldades, sem perder de vista a realidade - disse ele - criar pontes e abrir uma porta para as novas gerações sedentas por uma palavra bonita, uma mensagem que deixa um rastro".

Por fim, citando o Papa Francisco no prefácio do documento "Dar o melhor de si", publicado pelo nosso Dicastério, ele lembrou que "em uma cultura dominada pelo individualismo e pelo descarte, o esporte é uma área privilegiada em torno da qual as pessoas se encontram sem distinção de raça, sexo, religião ou ideologia e onde podem experimentar a alegria de competir para alcançar um objetivo comum; isso nos ajuda a rejeitar a ideia de alcançar uma meta, concentrando-se apenas sobre si mesmo"