01 de Setembro de 2018
Igrejas locais

Dom Nguyễn Năng: “A vida muda, mas a ‘verdadeira natureza’ do matrimônio não”

O compromisso da igreja vietnamita para jovens e famílias
Vietnam.jpg

Separações, divórcios e grupos restritos são cada vez mais frequentes”. É o alarme lançado por Dom Joseph Nguyễn Năng, bispo de Phát Diệm, sobre a situação no Vietnã, onde, explica, “as pessoas agora têm uma visão diferente da vida e seus hábitos. O materialismo exerce uma influência negativa e as famílias parecem sentir falta de alegria e risadas”.

Daí o convite dirigido a toda família católica, “rezar a Deus todos os dias”. “Você deve se acalmar e distinguir o que está certo do que está errado. Quando você for paciente na oração, encontrará a felicidade. A vida muda, mas a "verdadeira natureza" do matrimônio não”, concluiu.

O compromisso com a família é uma das prioridades do país: a arquidiocese de Saigon, por exemplo, também presta especial atenção aos frutos do matrimônio: os filhos. Nesse sentido, o padre John Lê Quang Việt, responsável pelo ministério da juventude, afirma: “Os jovens são capazes de desenvolver iniciativas e atividades pastorais, se forem verificadas as condições e programas apropriados nas paróquias. Nesse contexto social, no entanto, os jovens são frequentemente confundidos pelo ‘mundo virtual’. Como resultado, eles são frequentemente vítimas de sexo antes do casamento, do aborto e do divórcio”.

Os jovens precisam ser iluminados por quatro princípios da Doutrina Social da Igreja Católica - diz o Padre João - Eles são: pessoa humana, bem comum, solidariedade e complementaridade. Estes quatro valores de dignidade ajudarão os jovens a rezar diligentemente e a tomar parte nos sacramentos para que recebam as graças de Deus”.