15 de Maio de 2019
"Saving Sport"

A Igreja e o esporte, uma combinação imprescindível

Santiago Perez de Camino, responsável do escritório da Igreja e do Esporte, falou na conferência organizada na LUMSA

No dia 8 de maio, foi realizado na Universidade Livre Maria Santíssima Assunta (LUMSA) um dia de estudo intitulado "Saving Sport: um esporte a ser salvo" , do qual interveio Santiago Pérez de Camino, responsável do Departamento Igreja e Esporte do Dicastério.

O esporte, na sociedade pós-moderna, está no final de um ciclo histórico e surgem novos desafios que exigem novas respostas. O esporte corre o risco de um declínio incontrolável se os melhores recursos humanos não forem postos em questão para preservá-lo de uma involução sem retorno. E a Igreja tem muito a dizer nesse sentido, explicou Pérez de Camino em seu discurso.

A Igreja sem esporte perde um meio único de evangelização, especialmente nas "periferias" físicas ou existenciais. Mas também o esporte precisa de orientação ética e virtuosa, a mensagem cristã que difunde a Igreja, para não perder de vista o verdadeiro significado da prática esportiva.

Citando o primeiro documento da Santa Sé sobre o esporte "Dar o melhor de si", publicado por este Dicastério em junho passado, o responsável do Escritório do Dicastério e do Gabinete do Esporte reiterou os desafios que o esporte sofre quando esquece ou deixa de lado o ser humano e busca talvez o lucro econômico, ou a vitória a todo custo. Então surgem os problemas de doping, corrupção, violência no esporte ou a degradação do corpo.

Em vez disso, quando o esporte é bem praticado e coloca as pessoas no centro, ele se torna um meio de encontro e de formação. É um lugar onde tantas virtudes são destacadas, como generosidade, sacrifício, trabalho em equipe, liberdade ou solidariedade e a busca do bem que pode levar à transcendência, ao mistério de Deus. cada um em seu papel (jogadores, treinadores, gerentes, pais ou apoiadores), para testemunhar na prática esportiva o verdadeiro significado de sua vida, que nada mais é do que seguir e imitar Jesus Cristo.