08 de Fevereiro de 2021
Obra de Maria

O Papa aos Focolares: um apelo a uma nova maturidade

cq5dam.web.800.800.jpeg

Sábado, 6 de fevereiro, acompanhado pelo Prefeito do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, Cardeal Kevin Farrell, e pela Subsecretária, Linda Ghisoni, os participantes da Assembleia Geral e outros membros da Obra de Maria - Movimento dos Focolares foram recebidos em audiência pelo Papa Francisco na Sala Paulo VI. Em seu discurso, o Santo Padre convidou os membros do Movimento dos Focolares a viver o delicado momento da “pós-fundadora” com uma “fidelidade dinâmica” para “continuar a ser uma expressão viva do carisma de fundação”. Lembrou também "a importância das crises", a serem vividas como "um apelo a uma nova maturidade" e com particular atenção às "crises espirituais das pessoas, que envolvem a intimidade do indivíduo e a esfera da consciência" e que "exigem ser abordado com prudência por quem não ocupa cargos de governo, a todos os níveis, dentro do Movimento ”, pois, acrescentou,“ a mistura entre esfera de governo e esfera de consciência dá lugar a abusos de poder e outros abusos de que temos testemunhado”. Por fim, exortou a "viver a espiritualidade com coerência e realismo", adotando o estilo da proximidade fraterna, fora do Movimento, e de sinodalidade, dentro do Movimento, "para que todos os membros, como custódios do mesmo carisma, sejam corresponsáveis ​​e participem da vida da Obra de Maria e nas suas finalidades específicas" .

O encontro com o Papa foi o culminar de duas intensas semanas que a Obra de Maria - Movimento dos Focolares viveu em Rocca di Papa por ocasião da sua Assembleia Geral. Desta vez, os destaques foram as eleições da nova direção geral da Obra, Margaret Marie Karram, de nacionalidade israelense, como a nova Presidente, e o Pe. Jesús Morán, espanhol, reeleito Co-Presidente.

No final destes dias intensos de encontro e reflexão, no domingo, 7 de fevereiro, foi celebrada na mesma localidade de Rocca di Papa uma Missa de ação de graças e oração pelo início do mandato da nova Presidente, presidido pelo Cardeal Farrell. Na homilia, comentando as leituras da Missa dominical, o Cardeal exortou-nos a viver os momentos de perplexidade pessoal e comunitária à luz da fé, como oportunidades de crescimento espiritual que ajudam a afastar-se de si e a voltar a Deus com todo o coração. , experimentando na própria fragilidade aquela proximidade de Jesus à humanidade sofredora de que fala o Evangelho do dia. Convidou também todos os membros da Obra a permanecerem fiéis ao carisma que, explicou, “nada mais é do que voltar à beleza de uma relação pessoal com Jesus, sincera e“ totalitária ”, como dizia Chiara, ou seja, não deixa nada na nossa vida que não seja tocado, iluminado e transformado pela santidade luminosa que emana de Jesus”. No final da Missa, o Prefeito participou também da chamada "Conexão CH", uma videoconferência mundial durante a qual dirigiu uma mensagem de encorajamento a todos os membros da Obra, garantindo a proximidade e o acompanhamento vigilante do Dicastério ao Movimento dos Focolares.